3 de dez de 2009

Namastê!



A palavra namastê é o cumprimento em sânscrito que literalmente significa
"Curvo-me peranti a ti."
É a forma mais digna de cumprimento de um ser humano para outro. 
Expressa um grande sentimento de respeito.
Invoca a percepção de que todos nós compartilhamos,da mesma essência,da mesma energia,do mesmo universo.Namastê possui uma força pacificadora muito intensa.
Namastê traz o sagrado para dentro de cada ser humano.
Afirmando que Deus não está no céu, num templo ou mesmo na natureza.
Deus está em tudo,
em cada um de nós e qualquer dissociação da imagem
do Divino da nossa é inútil.



Ao fazer namastê, afirmamos que todos somos filhos e parte do sagrado.Indissociáveis e iguais.

Pensamento do dia




"Pela meditação se atinge o infinito

Aquilo que é infinito contém felicidade

Não há felicidade naquilo que é finito."

Upanishads

Um pouco sobre Patañjali



Fazemos a invocação á Patañjali 
no inicio da prática, porque ele foi a primeira pessoa a apresentar a antiga tradição do yoga
de forma sistemática; por isso ele é considerado o fundador do yoga. Patañjali  viveu por volta do ano 200 a.c.
Existem muitas lendas sobre o surgimento de Patañjali.
A história mais interessante sobre o nascimento,  é que sua mãe Gonika era muito devota.
Um dia enquanto se banhava no rio, Gonika orou e pediu ao Deus Sol, um  filho.
Em resposta ás suas preces, o deus Sol ordenou que a sábia serpente Shesha nascesse como filho de Gonika.
Assim a grande Shesha transformou se em uma pequena serpente e pulou nas  mãos de Gonika.
 A serpente então se transformou em um lindo menino.
Gonika então lhe deu o nome de Patañjali.
Pata - significa cair
anjali - quer dizer palmas das mãos unidas.

Ele foi autor de três brilhantes trabalhos:

Gramática sânscrito,
Ayurveda,
Yoga sutra, considerado o mais importante dos três.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails